h1

um dia

7 maio, 2011

Eles se encontraram naquela fase em que planos são mais sonhos do que planejamentos, e quando tudo é possível e nada é inalcançável. Mas o tempo passou e os dois, que eram tão iguais, ficaram cada vez mais diferentes. Ele queria uma carreira, uma família, uma casa. Ela queria viajar o mundo, um passaporte carimbado, a vida toda dentro de uma mala de cinco quilos ou menos.

Ela foi; ele ficou. Os e-mails diários viraram postais semanais. Os postais viraram cartas mensais. As cartas se transformaram em telefonemas cada vez mais esporádicos. Um dia, ela ligou para agradecer o convite de casamento que vira em sua caixa postal, com quatro semanas de atraso. Um dia, ele recebeu em casa uma bela caixa despachada do outro lado do mundo com um grande álbum de fotografias, presente para a nova família.

Um dia, a vida passou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: